13 de dez de 2017

Velozes e Antigos - Iso Grifo

Iso Grifo 1965 
⚠ Foto e texto de nossa autoria
Velozes e Antigos BR
Durante um documentário sobre wingsuit de proximidade assistido por esse que vos escreve, os participantes de tal esporte radical extremo alegavam que uma de suas maiores motivações ao escalar picos de mais de 1.5 km de altura na Europa antes de despencar como pássaros pelo dobro da distância de subida (sim, praticamente um vôo) era poder visualizar paisagens como pouquíssimas outras pessoas poderiam um dia ter o privilégio de vislumbrar. Se afastar do comum e partir em busca do exclusivo, motivados por uma vontade interna interminável - e, as vezes, até mesmo fatal.
Basicamente, nesse sentido o wingsuit de proximidade está para o esporte assim como a Iso Autoveicoli S.p.A. O motivo? Ambos se diferem totalmente do comum, fazendo parte de uma comunidade não restrita, mas filtrada àqueles que possuem tal direcionamento interno rumo ao exclusivo, ao incomum, ao ponto fora da curva.

A história começa em Bresso, província italiana de Milão a cerca de 15 km do Autódromo de Monza, com a fabricação de motocicletas e "bubble-cars" conhecidos como "Isetta", veículos que mais tarde tiveram sua produção licenciada para outras companhias, incluindo a BMW (maior sucesso) e, no caso do Brasil, a Romi! Antes de ser Iso Autoveicoli, a Iso produzia refrigeradores no período anterior à Primeira Guerra.

Durante a década de 60, a Itália abrigava uma calorosa produtividade de esportivos, liderada por Ferrari, Lamborghini e Maserati. E foi da Ferrari que surgiu um nome extremamente representativo nesse setor para a época, o engenheiro Giotto Bizzarrini. Basicamente, ele transformou a 250 GT SWB na 250 GTO e fez inclusive a Ferrari "Breadvan", uma peça tão curiosa quanto seu nome. Após sair da Ferrari e fundar sua companhia, "Prototipi Bizzarrini", o engenheiro homônimo foi o responsável por projetar o sucessor do Iso Rivolta IR300, um coupé 2+2 com mecânica do Corvette que era produzido desde 1962. Com desenho de ninguém menos que Giorgetto Giugiaro pelo estúdio Bertone, surgia em 1963 o Iso A3/L (de "Lusso" ou "Luxo" em italiano), que em 1965 originaria então o Iso Grifo GL Series I.

Nesse ponto, temos uma interessante ramificação da história. Bizzarrini supôs que uma versão de corrida do Iso Grifo A3/L seria demandada e projetou o Iso Grifo A3/C (de "Corsa" ou "Corrida" em italiano). A carroceria foi amplamente modificada e o motor foi recuado em 40 cm, tornando-o um veículo de motor central-dianteiro. Curiosamente, tal esportivo desenvolvido por Bizzarrini na Iso acabo por competir com a 250 GTO, desenvolvida por ele na fábrica de Maranello e que estava também em produção em 1963.

Após um período de tensões ocasionado por interesses prioritários diferentes entre Renzo Rivolta (fundador da Iso) com o A3/L e Giotto com o A3/C, a parceria existente entre eles teve fim, dando lugar ao Grifo GL por parte de Renzo e os Bizzarrini 5300 (indicando o deslocamento do V8 327) Strada e Corsa por Giotto. Se o Grifo já era veloz e raro, o que dizer então de seu irmão de pista Bizzarrini 5300. Que um dia ainda possamos postar um legítimo exemplar do 5300 aqui no Velozes...

Em 1965 portanto, o Grifo GL finalmente deu as caras nas ruas, dotado do mesmo V8 327 importado diretamente dos Estados Unidos desde o IR300. E falando no motor, ele era alimentado por um carburador de corpo quádruplo da Holley e desenvolvia 365 hp a 6200 rpm e 48,8 kgfm a 4000 rpm. Tal força era mais do que suficiente para impulsionar os cerca de 1300 kg do esportivo através de uma caixa manual de 4 velocidades da Borg Warner do repouso aos 100 km/h em menos de 6 segundos. Como percebido no Quiz, o velocímetro marcava até os 320 km/h, mas a fábrica alegava uma velocidade máxima de 275 km/h.

O interior era de altíssima qualidade, com mostradores de temperatura do óleo, velocímetro, pressão do óleo, contagiros, temperatura da água, corrente da bateria e relógio. O volante é clássico de três raios e o painel é de madeira com com revestimentos de couro em cima e no console, bem como nos bancos e no restante do interior.

O Grifo GL dava continuidade a bem aclamada performance do IR300, possuindo também suspensão independente e freios a disco nos quatro cantos oriundos da Jaguar. Um caso de miscigenação automotiva bem sucedido do ponto de vista qualitativo, mas que ficou longe do quesito quantitativo, bem retratado por um felino que sairia de Modena anos mais tarde e que atendia pelo nome de Pantera.​

Apenas 413 unidades do Iso Grifo GL saíram da fábrica em Bresso. Destes, somente 322 pertenciam à 1ª geração como o exemplar da foto, produzidos entre 1965 e 1969. A segunda geração se estendeu de 1970 a 1974, tendo 78 unidades produzidas. Em 1968 foi introduzido o Grifo 7 Litri, que contava com V8 Chevrolet 427 e um scoop bem proeminente na dianteira. A fábrica alegava que ele poderia superar os 300 km/h!

Em 1970 um face-flit na dianteira com faróis "pseudo-escamoteáveis" a tornou incrivelmente mais tenebrosa e marcou a chegada da 2ª geração do esportivo. Quatro unidades Targa foram produzidas e a versão IR-9 Can Am foi introduzida, dotada de um V8 Chevrolet 454 (7.4 litros). Tal IR-9 Can Am com transmissão ZF de 5 velocidades foi o Grifo mais veloz de todos. Em 1972 foi a vez do Grifo IR-8. Com V8 Ford 351, ele foi a última versão a sair da fábrica em 1974, que acabou sendo fechada devido, principalmente, aos efeitos da Crise do Petróleo ocorrida no ano anterior.


Extremo, belíssimo e muito pouco conhecido, bem como o wingsuit citado inicialmente, o Iso Grifo é uma peça extremamente interessante na história automotiva, muito avançado para a sua época e certamente uma peça de Grife entre os colecionadores!
_____
_____

Ficha técnica:
🔧 Motor: dianteiro | V8 | 327 pol³ (5354 cm³) | 16 válvulas | carburador Holley quadrijet
📈 Potência: 365 hp a 6200 rpm
📉 Torque: 48,8 kgfm a 4000 rpm
🔨 Taxa de compressão: 10.5:1
💪 Transmissão: manual de 4 velocidades | tração traseira
💨 0 a 100 km/h (aprox.): 5,4 s
🚦 0 a 400 m. (aprox.): 13,8 a 171 km/h
🏁 Velocidade máxima (aprox.): 275 km/h
📏 Carroceria (mm): Comprimento -> 4370 | Largura -> 1730 | Entre-eixos -> 2450 | Altura -> 1100
🔩 Peso (aprox.): 1282 kg
↕ Suspensão: independente nos 4 cantos
📊 Freios: a disco nas 4 rodas
🚗 Pneus: Pirelli Cinturato 205VR15

0 comentários:

Postar um comentário