9 de mar de 2016

Pensata

ESP salva vidas, mas não tem nem como opcional até em carros premium
Esta coluna já comentou diversas vezes sobre o ESC (ou ESP), o sistema eletrônico de estabilidade, considerado o mais importante equipamento de segurança depois dos cintos. É obrigatório nos Estados Unidos, na Europa e será na Argentina dentro de dois anos. Como funciona o ESC? Ele tem sensores nas rodas que percebem a tendência do automóvel em deslizar lateralmente. O que ocorre principalmente em duas situações: numa curva sendo feita em velocidade mais elevada ou quando o motorista dá um golpe no volante para desviar de um obstáculo. Como um cachorro atravessando a pista, por exemplo. Quando esta situação é identificada, o computador analisa o desvio de rota e comanda o sistema para que seja aplicado o freio em determinada roda para trazer o automóvel de volta à trajetória correta.

No Brasil, o Conselho Nacional de Transito (Contran) deu “uma colher de chá” para os fabricantes e o equipamento só será exigido a partir de 2022. Mas, pela importância deste dispositivo, vale a pena exigir o controle eletrônico de estabilidade no seu próximo automóvel.

Saiba que praticamente todos os importados dispõem do ESC. Entretanto, entre os nacionais, está enganado quem pensa que os mais caros são equipados com o sistema. Ao contrário, alguns compactos produzidos aqui – e vendidos na faixa de R$ 50 mil – oferecem, pelo menos opcionalmente, o ESC. Entre eles, o Ford Ka e Fiesta e o Volkswagen Fox.

Curiosamente, entre os três mais vendidos no Brasil em 2015, nenhum o oferece nem opcionalmente: Chevrolet Onix, Fiat Palio e Hyundai HB20.

Pior ainda é sua ausência em modelos mais sofisticados: a Toyota, por exemplo, não equipa o ESC em nenhum dos dois modelos que fabrica no Brasil, Etios e Corolla. O primeiro é um compacto mas o segundo é um dos mais caros do país. Nem mesmo sua versão topo de linha, o Altis, que custa mais de 100 mil reais, oferece o ESC de série nem mesmo como opcional.

Reportagem de Boris Feldman
Fonte: http://www.hojeemdia.com.br/m-blogs/boris-feldman-1.290493/esp-salva-vidas-mas-n%C3%A3o-tem-nem-como-opcional-at%C3%A9-em-carros-premium-1.384369

0 comentários:

Postar um comentário