14 de dez de 2015

Os Preparados de BH

Carros preparados tem sua origem praticamente logo após o surgimento do primeiro automóvel, a busca por mais performance sempre foi um dos principais focos da indústria automobilística. As modificações eram realizadas em modelos mais básicos, raramente chegando aos tops de linha que já utilizavam tudo do melhor. Hoje existe um cenário diferente, onde empresas foram criadas especialmente para a melhoria dos modelos recém saídos da linha de montagem, o chamado After Market

Em Belo Horizonte já podemos ver alguns modelos que foram ainda mais aprimorados pelos seus respectivos proprietários. Alguns modelos passaram por grandes modificações mecânicas e estéticas, outros somente estéticas, outros somente mecânicas. Reunimos os bólidos que melhor representam esta modalidade em uma breve lista;

Ferrari 599 GTB: Com certeza todos a chamaram de GTO quando à viram pela primeira vez, afinal esta 599 GTB recebeu todo o Kit estético da sua versão mais apimentada. Além das alterações externas o carro ainda recebeu alguns ajustes mecânicos para render um ronco bem semelhante a sua irmã mais nervosa. Um dos destaques fica por conta do capô totalmente feito de fibra de carbono – segundo o proprietário só foram feitas 4 peças assim em todo o mundo. Um fato interessante deste modelo é que ele é totalmente reversível, todas as peças originais estão devidamente guardadas e podem ser instaladas sem maiores problemas.
Cadillac CTS-V: O carro já sai de fabrica com potência mais que suficiente para deixar seus concorrentes europeus comendo poeira, mas não satisfeito o proprietário desta unidade resolveu instalar um kit da própria fabricante que elevou a potência para a casa dos 700 cavalos e 80 Kgfm de torque. O ponto positivo das modificações foi a total garantia de tudo, podendo usufruir de toda a performance sem medo de nada quebrar. O carro encontra-se em Belo Horizonte desde 2011 é até hoje é visto em plena forma por nossas ruas
Porsche 911 Turbo cabriolet: Representante da geração 997 versão MK1, este 911 é um dos carros mais rápidos de nossa cidade. Foram realizadas mudanças principalmente na parte da eletrônica, na qual foi possível elevar a potência para 600 cavalos (estimados). Por ser um carro manual, uma raridade para este modelo no Brasil, a transmissão passou por alguns ajustes assim como outros componentes vitais. Felizardos que chegaram a andar no modelo relataram que a sua aceleração chega a ser mais insana do que do temido Nissan GT-R

Dodge Challenger SRT-8: Não satisfeito com a performance do Muscle Car e seu gigantesco motor V8, o responsável pelo Dodge instalou um compressor mecânico que alavancou para estimados 600 cavalos. Para domar toda a cavalaria foram instalados novos freios, suspensão, kit completo de escapamento, entre outros. Chegamos a andar com o carro logo que ficou pronto e foi uma experiência única, o torque vem imediatamente e manter o carro em linha reta não é uma das tarefas mais simples, literalmente um carro para poucos
Ford Mustang Mach 1: Este é praticamente um novo carro com carroceria de um clássico, afinal somente a casca foi aproveitada. Toda a mecânica foi alterada e agora ele conta com um motor V8 com 530 cavalos. Para acompanhar tamanha força, diversos itens são totalmente esportivos, a exemplo da suspensão, rodas (Binno), pneus (285 R18), freios (Wilwood) e escapamento (8x1x2, com ponteiras de 3,5" ou 4", provavelmente). Também foram usados componentes da Ford Racing (cabeçote), Edelbrock (filtro de ar) e MSD (bobina), por exemplo. Enfim, esse carro é insano!

Nissan GT-R: Uma lista sobre carros preparados não pode ficar sem um Nissan GT-R, afinal é o modelo preferido para projetos mais extremos. Este GT-R além de contar com a plotagem fosca em sua carroceria ainda recebeu um kit da performance da empresa HKS, uma das mais famosas no mundo das preparações. Segundo informações são 700 cavalos de potência muito bem administrados pela complexa eletrônica do Godzilla. Ainda foram alterados o sistema de escapamento – gerando um urro metálico bem marcante

BMW M5 (F10): Outro modelo bem visado pelos preparadores e a nova BMW M5. Apesar de perder o mítico motor V10, e ceder lugar a um novíssimo V8 biturbo, o novo M5 ainda possui tração integral e câmbio de dupla embreagem. Uma das M5 de Belo Horizonte já passou por um processo de “melhoria” onde foram trocados alguns componentes, alguns dizem que até as turbinas foram alteradas, e o resultado foi impressionante – estimados 700 cavalos. Dizem que o carro chegou a andar na frente de Nissan GT-R e até Porsche 911 Turbo. Infelizmente o modelo já foi “desmontado” e agora roda em sua configuração orginal
Camaro SS: Mais um Muscle Car na lista, este em especial tem tudo do bom é do melhor e chega a participar de Track Days com direito a pneu slick é tudo mais. Além de receber dezenas de detalhes estéticos, o carro ainda recebeu um supercharger que elevou sua potência para cerca de 700 cavalos – deixando seu desempenho bem mais condizente com a proposta de um Muscle. O escapamento também passou por alterações e agora o ronco ficou semelhante aos modelos de Stock Car


BMW M3 Fire Orange: Não satisfeito com a exclusividade e a performance de fabrica da M3, o proprietário desta unidade instalou um generoso supercharger e ajustou praticamente todo o restante do carro para suportar a nova potência. Segundo informações o carro supera a marca dos 600 cavalos e agora, além da chamativa tonalidade alaranjada, o carro chama a atenção pelo seu ronco bem peculiar.
Audi RS6 Avant; O carro nem havia sido emplacado e já foi direto para a preparação. Segundo informações foi o primeiro a receber a configuração chamada de stage 2 da APR, o que gera mais de 700 cavalos. Além das alterações eletrônicas a perua ainda recebeu algumas peças visando uma redução de peso e melhoria do fluxo de ar. 

Ferrari 308: Uma das modificações mais inusitadas foi a realizada nesta 308, afinal modificar uma Ferrari antiga não é uma das tarefas mais fáceis. Foram instalados 2 turbos no motor V8 e a potência estimada ficou na casa dos 450 cavalos. Não temos muitas informações sobre o carro
Porsche 911 Carrera: Para a grande maioria é um 911 GT3, mas olhe com mais atenção e veja que é a versão Carrera S. Este 911 recebeu grande parte do kit GT3 e ainda alguns acessórios escolhidos a dedo pelo seu proprietário – adesivos, suporte para GoPro, entre outros. O carro tem algumas alterações mecânicas mais leves, como a modificação do conjunto de escapamento. Um ponto interessante é que estamos falando de um Porsche com tração traseira e câmbio manual, diversão na certa!
Ferrari 612 Scaglietti: Um dos modelos mais polêmicos que já passou por Belo Horizonte, grande parte devido as modificações estéticas bem fora do padrão. A instalação de um aerofólio mais plotagem fosca na tonalidade cinza deixou esta 612 com um visual semelhante a modelos de pista, porém a parte mecânica só teve uma leve alteração no escapamento – gerando um ronco característico dos V12. Alguns detalhes internos também foram modificados, assim como as rodas – todas as mudanças foram feitas pelo atual proprietário, o carro inicialmente era 100% original e na tonalidade negra

1 comentários: