17 de nov de 2015

Pensata

Dá para turbinar motor? É claro que não...
A tendência do “downsizing” (diminuir a cilindrada) dos motores para reduzir consumo e emissões vem provocando os engenheiros das fábricas a modernizar seus projetos. Se, no passado, motor turbinado era só para a pista ou para “boy”, ele se tornou recentemente equipamento original até de modelos mais simples ou compactos.
Como o motor turbinado vem sendo anunciado pelos próprios fabricantes, muitas oficinas independentes aproveitam para oferecer este equipamento, alegando aumento de desempenho e redução de consumo. Vale a pena?

Não. O argumento está teoricamente correto, pois motor turbinado tem performance superior e, se o motorista não mantiver o pé direito sempre lá embaixo, o consumo se mantém em níveis razoáveis.

Mas, na prática, a teoria é outra: se o motor sai de fábrica projetado para receber a turbina, nenhum problema.

Entretanto, adaptá-la pode resultar em problemas graves. Se o automóvel tem potência original de, por exemplo, 100 cv, mas passa a gerar 150 cv com a instalação de uma turbina, vários de seus componentes podem não resistir. Ou ter sua durabilidade comprometida.

Alterações são necessárias

Além disso, aumento de potência deve ser acompanhado de outras alterações importantes na mecânica do automóvel. Freios e suspensão, por exemplo, devem ser redimensionados ou recalibrados para o novo desempenho.

Um bom exemplo foi a Volkswagen do Brasil, que acaba de lançar uma versão turbinada do up!: seu motor foi de 85 cv para 105 cv. Mas, para suportar estes cerca de 20% a mais de potencia, retrabalhou todo o motor redimensionando virabrequim, pistões, bielas, bronzinas, eixo de comando, etc. Além da caixa de marchas, freio e suspensão.

Aí vem a oficina e oferece passar o motor de 150 cv para 250 cv com uma turbina e garante não ser necessária nenhuma outra modificação. O que pensa o leitor?

Texto de Boris Feldman
http://www.hojeemdia.com.br/m-blogs/boris-feldman-1.290493/d%C3%A1-para-turbinar-motor-%C3%A9-claro-que-n%C3%A3o-1.359431

0 comentários:

Postar um comentário