13 de out de 2015

Por Dentro da Novidade

Quando a Mercedes Lançou a SLS AMG não imaginava o tamanho do sucesso que o carro faria, em qualquer encontro que se preze é possível ver no mínimo 1 representante da nova geração da Asa de Gaivota. Mas o tempo passou é a famosa frase “em time que está ganhando não se mexe” não foi adotada pela fabricante alemã, o que levou ao lançamento de um modelo totalmente – até mesmo o conjunto mecânico inédito na linha AMG. A novidade em questão é a Mercedes AMG GT.


Apesar de não ter o charme da sua antecessora, a SLS, a AMG GT trouxe ao mundo a nova linha de design que todos os demais modelos da marca já adotaram. São linhas mais retas e com detalhes em pontos chaves. Além da atualização externa houve uma ainda maior na mecânica, o famoso – e idolatrado, motor V8 de 6.2 litros foi aposentado e em seu lugar foi adotado um V8 de 4 litros Biturbo. O novo conjunto mecânico chegou a criar uma grande revolta entre os fãs mais puristas devido ao uso dos turbos e a redução do tamanho do motor, sinais da era do Downsizing.

Para a alegria de todos o novo motor surpreendeu e atingiu uma performance acima do esperado, são 593 cavalos de potência e 66,28 mkgf de torque – números superiores ao da SLS AMG. Outro ponto positivo foi a redução de peso de cerca de 145 quilos quando comparados com a SLS. A vocação do carro é de ser um super esportivo, mas com todo conforto e gadgets, além de contar com o aval de ser um carro produzido em sua totalidade para AMG – seguindo os passos do mítico SLR McLaren

O lançamento oficial do modelo foi durante o Salão do Automóvel de 2014 em São Paulo, mas somente nos últimos meses o carro começou a aparecer nas concessionarias e nas garagens de seus sortudos compradores. Todas as versões importadas pela Mercedes para o Brasil são GT S – a mais completa e potente da gama. Em Belo Horizonte já contamos com uma unidade em uma configuração bem interessante com uma tonalidade de cinza fosco e rodas pretas mais pinças vermelhas. O preço do AMG GT S ficou na casa dos 850 mil reais

Mercedes AMG GT S
Preço: R$ 1 milhão (estimado)
Motor 4.0, V8, 32V, biturbo, gasolina
Potência: 510 cv a 6.250 rpm
Torque: 66 mkgf a 1.750 rpm
Alimentação: injeção direta de combustível
Câmbio: automatizado, 7 marchas
Tração: 4x4
Direção: eletrohidráulica
Aceleração de 0 a 100 km/h: 3,8 segundos
Velocidade máxima: 310 km/h
Diâmetro de giro: 11,5 metros
Comprimento: 4,55 metros
Distância entre os eixos: 2,63 metros
Largura: 1,94 metro
Altura: 1,29 metro
Porta-malas: 350 litros
Tanque de combustível: 65 litros
Peso em ordem de marcha: 1.645 kg
Pneus e rodas: 265/35 R19 (frente); 295/30 R20 (atrás)
País de origem: Alemanha

0 comentários:

Postar um comentário