26 de abr de 2015

Por Onde Anda?

Hoje vamos falar sobre um modelo que praticamente virou uma lenda em Belo Horizonte, não pela sua exclusividade, mas sim pelo seu paradeiro. Até o começo do mês ninguém havia confirmado o local onde estava o Porsche 911 GT3 cinza que foi uma das sensações em BH durante os anos de 2010 até 2012.


O GT3 possui um motor de 3.8 Litros que gera 425 cavalos, isso sem a utilização de nenhum tipo de turbo ou compressor, o que deixa o carro mais previsível e constante. Com o tradicional motor Boxer, marca registrada de todos os 911, o GT3 pode-se gabar de seu centro de gravidade mais próximo ao chão e uma melhor resposta em acelerações e curvas, devido ao posicionamento traseiro do motor.

O porsche não esconde sua vocação para as pistas, a versão GT3 possui rodas com o sistema de cubo rápido (aquele em que somente um parafuso fixa a roda ao carro, tornando mais rápido sua troca). Com largos pneus na traseira, 325mm de largura (o pneu traseiro da Murciélago tem 335mm!), montados em belas rodas de 19 polegadas que “escondem” os enormes disco de freio de cerâmica.

Por ser um modelo “semi-pista” ele conta com bancos com apoios lombares, mas nada muito exagerado e desconfortável, pois é um carro que pode ser utilizado no dia a dia. Logo atrás dos bancos dianteiros existe um pequeno espaço onde se pode tentar levar alguém de baixa estatura (lembrado que não existe cinto de segurança para o mesmo), ficando mais indicado o uso para levar possíveis bagagens.

O carro reapareceu após mais de 2 anos "escondido" e hoje encontra-se em São Paulo, capital. Infelizmente BH ficou sem nenhum representante dos 911 GT3, os outros modelos que por aqui passaram também já se encontram em outros estados

0 comentários:

Postar um comentário