17 de abr de 2015

Por Onde Anda?

Quando falamos em Lancer EVO logo pensamos em um dos carros mais bem acertados já produzidos no mundo. Acrescente a silga MR e agora você tem a certeza que se trata de um verdadeiro carro de competição com alguns acessórios para circular pelas ruas sem ter problemas com as leis.
Em Belo Horizonte existiu um Lancer Evo MR em uma das configurações mais belas já produzidas, a carroceria e rodas em uma tonalidade chumbo e as pinças de freio em vermelho. O carro possui câmbio manual e um acerto voltado para as pistas


Saindo do zero o MR chega aos 100 km/h em apenas 5,5 segundos, continue acelerando e chegara à máxima de 250 km/h(limitados eletronicamente). Com um torque de 40 kgfm que só aparece totalmente acima dos 3 mil giros, devido ao lag do turbo, o Lancer tem desempenho digno de esportivo, chegando a deixar algumas máquinas italianas comendo poeira.

Por dentro o carro mais lembra uma máquina de competição, com pouca preocupação com luxo e brinquedos eletrônicos. O motorista tem uma boa visualização do painel com as principais informações sobre o Evo, pressão do turbo, conta giros, velocímetro e etc. Destaque para a ergonomia, os bancos dianteiros são do tipo concha, aqueles que não deixam você escorregar pelas laterais durante as curvas mais rápidas.

Infelizmente a Mistsubishi anunciou o fim da linha Evolution recentemente, agora só serão produzidos Lancers com motores sem turbo e sem graça. A fabricante japonesa alega que sua nova estratégia não condiz com carros esportivos, mas sim com carros econômicos e que poluam menos. Uma ideia seria a Mitsubishi produzir eletrodomésticos, mas eles já estão nessa área há algum tempo, então eu sugiro que os executivos pensem na possibilidade de fabricarem bicicletas ou pedirem demissão do cargo.

O Lancer Evo MR não é mais um "morador" de Belo Horizonte, o modelo mudou-se para uma refina garagem onde é parte de uma coleção da Lancer's. O novo Habitat do japonês é o autódromo de Velo Cittá que fica no interior de São Paulo

0 comentários:

Postar um comentário