24 de mar de 2015

Lendas de Belo Horizonte

A lenda de hoje pode ser considerada o maior pesadelo dos esportivos europeus, em sua primeira geração, onde foi responsável pela quebra da hegemonia italiana nas pistas e uma sequencia de títulos nas tradicionais provas de Le Mans. Com a nova geração do bólido as coisas somente melhoraram!
O Ford GT, nossa lenda em questão, é a releitura do mítico GT 40 - carro que colocou a Ford no cenário das corridas de alta performance. A releitura do clássico seguiu praticamente todas as características do projeto inicial, um grande motor V8 de 5.4 litro mas agora com um compressor mecânico. São 560 cavalos e quase 70 kgfm de torque, suficiente para levar o carro a marca dos 330 km/h e são necessários somente 3,8 segundos para alcançar os 100 km/h - lembrando que estamos falando de um carro com tração traseira e câmbio manual!

O DNA das pistas aparece por todo o carro, chegando a ser um problema para pessoas de maior estatura ao tentarem se acomodar no interior do modelo. A vida à bordo do GT não é das mais complicadas, afinal é um esportivo americano que não abre mão de algumas mordomias, mas nada além do necessário para um carro de uso "diário". Lembrando que foi anunciado a nova geração do esportivo para o ano que vem!

No Brasil existem cerca de 10 Ford GT e temos a sorte de contar com 2 unidades do modelo em Belo Horizonte, uma na tonalidade prata com faixas branca e outra (quase uma lenda) branca com faixas azuis.

Marca: Ford
Modelo : GT
Versão : Standard
Potência : 560 cv (405 kw - 543 hp)
Motor : 8 cilindros (motor em V)
Cilindrada : 5409 cm3
Distribuição : 32 válvulas Compresseur
Binário : 770 Nm (4500 tr/min)
Transmissão : Tração traseira, caixa de velocidades manual 6 velocidades
Peso médio : 1672 kg
Pneus : 235/45/18 Frente .315/40/19 Atrás
Relação potência / peso: 3.0 kg/cv
Relação consumo / potência : 41.7 cv/L
Coeficiente aerodinâmico 0.350 cx

0 comentários:

Postar um comentário