5 de fev de 2015

Lendas de Belo Horizonte

A lenda de hoje é uma das mais antigas em nossa cidade. Além de se tratar de um modelo italiano bem raro ainda houve uma drástica mudança de cor em todo o carro, deixando uma configuração inédita no Brasil para se transformar em mais uma na tonalidade vermelha.
Alguns já devem saber de qual modelos estamos falando, para a grande maioria o fato da mudança de cor era desconhecido até então. A protagonista de hoje é a Ferrari Testarossa que chegou em Belo Horizonte na configuração idêntica ao modelo utilizado na serie mundialmente famosa Miami Vice - carroceria e interior na tonalidade branca

Após um curto período na cor branca o carro foi totalmente pintado na tonalidade mais conhecida da marca italiana, o vermelho. O interior permaneceu original, assim como os demais detalhes. A mudança de cor foi devido a preferencia do proprietário e foi muito bem realizada. Infelizmente não conseguimos boas fotos do modelo ainda na cor branca.

A Testarossa foi a última Ferrari a utilizar o motor de 12 cilindros opostos, o chamado motor boxer. Com 12 cilindros e 5 litros a potência é de 390 cavalos que são transmitidos para as rodas traseiras co auxilio de um câmbio manual e sem nenhum tipo de ajuda eletrônica. A velocidade máxima é próxima de 290 km/h e são necessários apenas 5.6 segundos para atingir os 100 km/h

Em Belo Horizonte temos outra unidade da Testarossa também na cor vermelha, mas ambas são vistas muito raramente.


Modelo : Testarossa
Versão : Standard
Potência : 390 cv (287 kw - 385 hp)
Motor : 12 cilindros
Cilindrada : 4942 cm3
Distribuição : 48 válvulas
Binário : 490 Nm (4500 tr/min)
Transmissão : Tração traseira, caixa de velocidades manual 5 velocidades
Peso médio : 1758 kg
Pneus : 225/50/16 Frente .255/50/16 Atrás
Relação potência / peso: 4.5 kg/cv
Relação consumo / potência : 26.4 cv/L
Coeficiente aerodinâmico 0.360 cx

0 comentários:

Postar um comentário