21 de jun de 2013

O touro anabolizado

A Lamborghini lançou o Murcielago em 2001 com o intuito de fazer um superesportivo com motor central V12 mais potente da época, e de fato conseguiu. Mas com o passar de alguns anos e a concorrência sempre atualizando seus rivais diretos, logo a "Murci" perdeu uma boa fatia do mercado que havia conquistado. A solução para uma reviravolta foi o aperfeiçoamento do carro, com redução de peso, mais potencia e um novo kit aerodinâmico insano, nascia a Murcialago SuperVeloce - SV para os íntimos.

A marca dos touros italianos sempre utilizou a sigla "SV" para seus bólidos mais potentes e destinados a encararem as pistas sem medo, mas com totais condições de transitarem por ruas de todo o mundo - ou quase todas. 

Comparando com a Murcielago normal, a SV tem 30 cavalos a mais - totalizando 670cv e 67mkgf. Toda a potencia é despejada para as rodas com o auxilio de um cambio automático - E-gear - aliado ao sistema de tração nas quatro rodas (com maior parte do torque nas rodas traseiras). Em apenas 3,2 segundos o carro já atinge a marca de 100 km/h e pode chegar a velocidade máxima de 340km/h.

Além da grande melhoria mecânica - motor, sistema de exaustão, câmbios, etc - a SV foi submetida a um rigoroso regime, parte de metal foram substituídas por um aço perfilado de altíssima resistência que elevou a rigidez torcional em 12%. Regime que sem duvidas deixou o esportivo bem melhor em curvas e retomadas.

O interior também passou por uma grande modificação, os bancos agora são do tipo concha e é composto de fibra de carbono e couro alcântara, material presente em todo o cockpit do carro. O painel ganhou um novo grafismo e também recebeu a sigla "SV" - para lembrar ao sortudo "piloto" que ele esta conduzindo uma!

A aparência ficou insana, com um novo conjunto aerodinâmico que conseguiu aliar a funcionalidade com um visual bem agressivo, somente o aerofólio traseiro já impõem medo e respeito a quem tenta desafia-lo. Rivais que por sinal são poucos; a Ferrari 599 GTO é o mais conhecido.

A dinâmica teve uma grande melhora, comparado com a "Murci" original, curvas não são mais problemas e retomadas são feitas em segundos. Para uma ideia de comparação a segunda marcha do "SV" leva o carro até os 175 km/h antes de atingir o limite de giro que é de 8 mil RPM. Para situações de risco o carro vem equipado com gigantescos freios de cerâmica. capazes de reduzir a velocidade de 100 km/h a 0 em apenas 30 metros!

O Lamborghini Murcielago SV teve sua produção, inicialmente, limitada a 350 unidades, devido ao sucesso outras unidades foram fabricadas mas com outras denominações e para mercados específicos - como a China. Felizmente uma das unidades chegou ao Brasil e agora roda pelas ruas de Belo Horizonte torcendo pescoços de pedestres e aterrorizando donos de outros esportivos.

Ainda em tempo, o valor do touro anabolizado gira na casa de 1.8 milhão de reais, uma quantia bem justa quando se tem um carro capaz de parar o trânsito, literalmente, e deixar qualquer apaixonado por carros espantado com tanta beleza e performance. 

6 comentários:

  1. Tem um erro de português no parágrafo onde se diz que a Aparência ficou insana. DESAFIA-LO seria o desejado.

    ResponderExcluir
  2. Ow boy... Esse monstro ta em bh... Maravilha.

    ResponderExcluir
  3. R$1.5mi foi o preço pago em SP, qual o nome desse restaurante?

    ResponderExcluir
  4. Tem uma SV aqui em Jurere Internacional!!

    ResponderExcluir
  5. Eduardo, só existe uma SV no Brasil, a que foi vista em Jurere é a mesma que encontra-se em BH agora
    Jorge o nome do restaurante e Favorita

    ResponderExcluir