29 de nov de 2012

Exclusivos x Chuva

Já estamos enfrentando a temporada de chuva e seus estragos em todos os meios possíveis, dos imoveis aos carros. Infelizmente a chuva não vai parar tão cedo e os estragos tendem a aumentar e prejudicar ainda mais a todos.
Para os exclusivos o cenário é um pouco pior, quando comparados a carros "comuns", uma simples poça de água pode representar uma dor de cabeça gigantesca - aquaplanagem, água onde em contato com motor e até no interior do carro - para um carro baixo, como uma Ferrari ou Porsche, fato que para um proprietário de um carro popular é visto como apenas mais um simples obstaculo.

Enchentes e grandes volumes de água afetam a todos, de populares e caminhões, o problema maior pra o carro exótico é a impossibilidade de recuperação do mesmo, afinal um carro deste nível é repleto de tecnologia e peças feitas somente sob encomenda.

A água, além do estrago já mencionado, também colabora para a grande deterioração de nossas já precárias vias. Após uma forte chuva buracos surgem sem nenhum aviso, o asfalto torna-se escorregadio devido a grande quantidade de sujeira e, o pior, tampas de boeiro simplesmente desencaixam e viram grandes armadilhas para os motoristas.

A pintura do bólidos apresenta, geralmente, um tratamento diferenciado para suportar as inúmeras impurezas da chuva e dos materiais "arrastados" por ela. Infelizmente a chamada "chuva acida" ainda consegue "corroer" a pintura provocando um desgaste ao longo do tempo.

Dirigir na chuva é divertido e perigoso ao mesmo tempo, afinal estamos expostos a riscos inexistentes com o clima ensolarado. Ao arriscar em um passeio chuvoso tenha mais cuidado e evite locais famosos por alagamentos e enchentes, se possível utilize uma caminhonete ou algo do tipo para uma maior segurança.

Mas para aqueles que gostam da emoção de pilotar no molhado e com um carro exótico tenha um prévio conhecimento das condições das vias que vai circular e sempre que chegar em casa lave o carro com água, sem ser da chuva, e verifique se o mesmo não "coletou" nenhum detrito pelo caminho.
      

0 comentários:

Postar um comentário