10 de mai de 2011

Garagem – Bancos


Todo bom carro tem um banco digno de fazer parte do conjunto, pelo menos em grande parte dos casos é assim. O banco dos automóveis é uma das peças mais importantes para a segurança e conforto do motorista, protegendo o mesmo em caso de colisões e, quando ajustado corretamente, proporciona uma dirigibilidade sem muito esforço físico.

Nos primórdios do automóvel os bancos eram basicamente cadeiras de ferro com uma camada de espuma, sem nenhum tipo de segurança e muito menos conforto. Com a evolução da indústria automobilística logo surgiu à preocupação com a ergonomia (ciência responsável pela interação do homem com a máquina). A partir dos estudos e depois de muitos testes os bancos mudaram completamente seu desenho e material.
 
Atualmente os bancos são compostos por um “esqueleto” metálico e uma espuma de alta resistência, em carros chamados populares. Já em veículos mais luxuoso-esportivos os bancos têm um desenho que envolve os passageiros, o chamado banco concha, além de possuírem materiais mais nobres em sua construção, como o alumínio.

O chamado banco concha teve sua origem nas pistas de corrida, onde seu desenho ajudava aos pilotos a se manterem sempre no lugar enquanto enfrentavam as grandes forças G. Nos carros de uso urbano, os bancos concha oferecem um melhor conforto do que os de competição, um bom exemplo é a possibilidade do mesmo ser revestido em couro, camurça ou outro material disponível e também tem suas “abas” reduzidas, para facilitar a entrada e saída do veiculo.

Carros que primam pelo luxo e conforto apresentam um misto de banco concha com poltronas de 1º classe, buscando o melhor dos 2 universos. A combinação acaba gerando bancos mais confortáveis que muitas poltronas vendidas em lojas de móveis domésticos, alguns bancos chegam a possuir sistema de massagem e aquecimento.

Todo banco de automóvel, de carros esportivos aos populares, possuem 3 “partes” principais. A 1º é chamada apoio de cabeça, responsável por evitar o efeito chicote em colisões e também dar suporte a cabeça do passageiro.

A 2º é chamada de apoio para a coluna, ou apoio lombar, e tem como principal função manter a postura correta do ocupante, evitando assim possíveis dores e até possíveis fraturas em situações inesperadas.

A 3º parte é chamada popularmente de assento ou base. Sua função é de garantir uma boa posição de acomodação sem prejudicar a dirigibilidade, no caso do motorista, além de ser a responsável pela sustentação de todo o peso do ocupante.

A maioria dos veículos possuem ajustes em todas as partes do banco, visando uma melhor ergonomia a quem os utiliza. Existem algumas regras para o aproveitamento máximo dos assentos, lembrando sempre que após a regulagem dos bancos também deve ocorrer à regulagem dos espelhos internos e externos.
 

0 comentários:

Postar um comentário