31 de mai de 2011

Domingo, o pior dia para dirigir.


Durante nossas caçadas dominicais por Belo Horizonte a percebemos um grande número de infrações às leis de trânsito, muitas delas gravíssimas. Motoristas que não respeitam a sinalização esquecem que seus veículos possuem sinais luminosos e por muitas vezes acham que são os donos da rua.
Claramente o domingo é o dia com o maior número de motoristas inexperientes nas ruas, fato fácil de ser comprovado pela insegurança de muitos ao volante, A insegurança acaba levando ao condutor a realizar manobras sem o seu devido cuidado, resultando quase sempre em uma “barbeiragem”.

Já foi criado até um termo para se referir aos motoristas que só pegam o volante aos Domingos, “os Domingueiros”. O grupo dos barbeiros é formado por todas as faixas etárias e poder aquisitivo, é fácil ver um jovem ao volante de um carro importado achando que é o dono da rua e cometendo dezenas de infrações em poucos quarteirões, e também senhoras de idade ao volante de sua perua parando em vila dupla ou entrando em ruas secundarias sem sinalizarem corretamente.

Apesar das aulas de autoescola terem sofrido um grande aumento na carga horaria os motoristas recém-formados não estão aptos a transitarem no nosso trânsito caótico de todo dia, sobrando então os finais de semanas para a tentativa de melhorar suas habilidades. Porém durante os finais de semana as leis não tiram uma folga, elas continuam valendo, mas com a fiscalização reduzida tudo vira uma grande “festa”.

Além dos novos motoristas existem os mais experientes que parecem que esqueceram tudo o que aprenderam durante o processo da obtenção da carteira de habilitação, chegando a realizaram manobras absurdas. Grande parte dos acidentes de trânsito são causados por erros humanos, famosas “barbeiragens”, e o Brasil é um dos países com maior índice de morte causada por acidentes automobilísticos.

Existem soluções para a redução dos índices e a melhoria do tráfego aos Domingos, basta uma melhor fiscalização, mas antes de tudo a conscientização dos motoristas. A partir do momento que as leis forem respeitadas provavelmente o fluxo das cidades irá melhorar muito, acidentes serão mais raros assim como as brigas, o que pode ser um grande lucro para todos – menos tempo perdido em congestionamentos.

Da próxima vez que for sair dirigindo tente seguir as leis, afinal elas foram criadas para tentar organizar o fluxo e proporcionar segurança para todos os usuários das vias. Mais uma coisa, seu veículo possui sinais luminosos que não cobram nada para serem acionados, pelo contrario, podem prevenir um possível acidente, então sempre que for fazer alguma conversão favor utilize os mesmos.

2 comentários:

  1. Com certeza domingo é muito perigoso, mas nas madrugadas de bh o perigo ai sim então, é trocado pela inexperiencia de domingueiros, por "experientes" alcoolizados, com um volume altissimo de carros que em alguns lugares e momentos supera até mesmos os horarios normais de pico do dia de semana. Eu como sou um tiozão e a muito não saiu de madrugada fiquei impressionado com o transito e principalmente a irresponsabilidade dos "experientes de plantão", complicado saber onde mora o perigo.

    muito uma vez parabens pelo trabalho de vocês que a cada dia melhora em qualidade e conteudo. a
    abraços

    ResponderExcluir
  2. galera o que aconteceu com o pc de bordo?

    ResponderExcluir