25 de abr de 2011

Os tipos de carroceria


Uma rápida olhada no trânsito de qualquer cidade grande e o bastante para identificar uma grande quantidade de veículos com carrocerias diferentes. A carroceria é a parte estrutural do automóvel, responsável pela sua sustentação, desenho, segurança e instalação dos demais componentes.

Atualmente existem 2 tipos de montagem de carrocerias, uma que ainda utiliza o chassi do veículo como base e a mais moderna que faz parte de estrutura do carro, chamada de monobloco. A montagem mais moderna é a mais utilizada pela indústria devido a sua maior flexibilidade e rentabilidade.

O automóvel é uma ferramenta de transporte/trabalho, consequentemente existe uma configuração especifica para cada tarefa. Com a popularização dos veículos motorizados, logo foram criadas carrocerias diferentes de acordo com a necessidade do comprador.

Os tipos de carroceria são:

Hatchback (hatch): São modelos que possuem dois volumes, o habitáculo do motor e o habitáculo dos passageiros. O porta malas tem uma pequena capacidade e a sua porta dá acesso ao interior do carro. Exteriormente é possível perceber que um carro é um hatch pelo seu desenho da traseira, que termina em uma única linha, deixando o carro sem “bunda”. Modelos conhecidos: Fiat Uno, VW Gol, Ford Ka.

Fastback: é parecido com o hatchback, mas conta com a parte traseira mais longa. O teto segue abaixando até o porta-malas no desenho moderadamente encurvado. A porta traseira dá acesso ao interior. O fastback mais popular é o Ford Mustang. Outros exemplos são o Chevrolet Kadett e o Ford Escort.

Notchback: é um carro muito parecido com o fastback, porém, o porta-malas é menor a ponto de não formar um volume independente como nos sedãs. Exemplos: Chevrolet Astra, Fiat Stilo, Citroen Xsara e Renault Laguna.

Sedã: São carros que possuem 3 volumes(habitáculos); motor, passageiros, porta malas, e tem de duas a quarto portas. A tampa do porta malas não permite o acesso ao interior do habitáculo dos passageiros, criando assim uma extensão da carroceria, deixando o veículo com “bunda”. Exemplos: Toyota Corolla, Honda Civic, Ford Fusion, Volkswagen Jetta, Fiat Siena e Chevrolet Vectra.

Cupê: é uma das versões que possui o maior número de interpretações. Oficialmente, o que difere um cupê de um hatchback ou de um fastback é o volume interno. De acordo com a Sociedade dos Engenheiros Automotivos (SAE), o que define um cupê é o carro de teto rígido com menos de 0,93 m³ (934 litros) de espaço interno. De maneira sucinta, são os carros com denotação esportiva, de duas portas e três volumes, com o teto baixo e coluna traseira inclinada. Bons exemplos: Porsche 356, 911 e Maserati Coupé.

Conversível: São os carros que possuem um mecanismo que torna possível a “retirada” e a recolocação do seu teto, de lona ou rígida escamoteável, sem nenhuma alteração no para-brisa. Com o teto devidamente encaixado o carro ganha um aspecto de cupê. Exemplos: Pegeout 206 CC, Lamborghini Gallardo Spider.

Targa: Basicamente é um conversível com o teto rígido, mas a parte “móvel” do teto é reduzida, geralmente contempla apenas a parte logo acima do motorista e seu passageiro. Exemplos: Porsche 911 Targa, o Miura Targa e o Pontiac TransAm Targa.

Roadster: São carros com um DNA mais esportivo, mas que podem ser utilizados diariamente com um bom conforto. Tem como características uma frente avantajada e uma traseira curta, além de possuírem apenas 2 bancos e santantonio. Exemplo: Audi TT Roadster e BMW Z4

Perua (station wagon): também chamada por break ou caminhoneta, é derivada dos hatchbacks, sedãs, fastbacks ou até mesmo cupês. Podem ter três ou cinco portas. É conhecida como carro família e basicamente tem o habitáculo dos passageiros estendido até o porta-malas. A tampa da mala envolve a janela traseira e a capacidade de bagagem é muito maior. Os modelos no mercado possuem diversas denominações: Fiat Palio Weekend, Volkswagen Parati, Audi Avant, Xsara Break, BMW Touring.

Minivan: Chamada também de monovolume devido ao seu desenho englobar os 3 habitáculos em apenas 1 volume. Possui uma grande flexibilidade com relação ao espaço interno, podendo ser utilizada para transportar um número maior de pessoas ou mercadorias. Sua posição de dirigir é mais elevada que o normal, possibilitando uma melhor visão do motorista. Exemplos: Kia Besta, Fiat Ducato, Mercedes-Benz Sprinter e Volkswagen Kombi

Van: Um veículo projetado para o transporte do maior número possível de pessoas ou objetos, aproveitando ao máximo todos os espações disponíveis. Seu desenho é semelhante a uma caixa de sapatos, mas com uma pequena protuberância dianteira, onde o motor é instalado. Exemplo: Fiat Fiorino, Fiat Doblò, Peugeot Boxer, Fiat Ducato.

Utilitário esportivo (SUV - Sport Utility Vehicle): São carros que surgiram da junção das peruas e das picapes, aproveitando as melhores características das 2 categorias. Tem um tamanho de uma picape média, mas com o conforto de uma perua de luxo, além de oferecerem a tração 4x4 e um bom desempenho fora de estrada. Exemplo: Porsche Cayenne, BMW X5, Mercedes-Benz ML, Jeep Cherokee, Nissan Pathfinder e Pajero Full

Jipe: é um veículo dotado de tração nas quatro rodas com desenvoltura para enfrentar terrenos ruins e acidentados. Inicialmente destinado ao uso militar e fabricado pela marca Willys, o carro ficou conhecido como General Purpose Vehicle – veículo para uso geral, ou GP - "gee-pee" (soletrando em inglês). Dessa expressão é que surgiu o Jeep, aportuguesado para jipe. Exemplos: Troller T4, Jeep Wrangler, Toyota Bandeirantes e Land Rover 110.

Crossover: Carros urbanos que possuem alguma característica de um veículo off-road, funcional ou meramente decorativa. Exemplos: Palio Adventure e Volkswagen Crossfox.

Picape: Veículo destinado ao transporte de cargas em compartimento aberto. Possuiem até 5 lugares, caso de cabine dupla e uma grande caçamba para cargas. Exemplo: Ford F250, Ford Courier, Fiat Strada e Chevrolet Montana.

Limousine: Veículo com capacidade para mais de 6 pessoas, que tem uma carroceria alongada e muito luxo em seu interior. O motorista fica em um habitáculo separado dos passageiros.
 

3 comentários:

  1. Caríssimo, há muitos erros nessa tua lista.

    Para saber o que é o que, temos que entender pelas carroagens, que deram o nome a quase todas carrocerias conhecidas.

    Sedan é o tipo de carroceria de TURISMO, onde se levam passageiros para viagens, para passeio.

    Portanto, abrem-se duas possibilidades:

    1-Levar pessoas para passeio, com duas fileiras de bancos;

    2-Carroceria fechada, já que existia a Phaeton e a Torpedo para designar as carrocerias conversíveis para quatro passageiros.

    Nós, antigomobilistas, estamos bem acostumados com este tipo de carroceria.

    Notchback, ao contrário do dito por ti, é toda carroceria com os TRÊS VOLUMES BEM DEFINIDOS. Pode ser um coupe (Camaro e Mustang) ou um sedan três volumes (Chevrolet Chevelle) ou hatchback (Escort e Kadett).

    Hatchback, não necessariamente, quer dizer que a terceira coluna seja reta. Para ser hatchback, tem que ser um SEDAN no qual haja acesso do portas malas ao banco traseiro, por meio de uma janela de vidro (escotilha, que é a tradução de HATCH no inglês) embutida em uma porta. Todo hatchback é um sedan!

    É sedan porque: Os primeiros sedan, como o Ford modelo "A" 1929, tinha a traseira reta. Outros exemplos: os Fords de 1933 a 1948 sedan tinham o desenho reto ou oval na traseira. O Fusca, por si, FOI BATIZANDO, em 1938, como VOLKSWAGEN SEDAN, pois todo sedan tinha aquele formato de carroceria na sua origem.

    Sendo assim, para ser um hatchback, mister se faz o acesso por uma escotilha ao porta malas e banco de trás. Para isto, não pode ser outra carroceria sem ser a sedan, já que a coupe é necessariamente a três volumes de duas portas onde a traseira é bem alongada em relação à frente. Exemplo: O Chevrolet belair 1955 coupe, que tem a traseira quase do tamanho do capô, o dos coupes com banco da sogra, onde a traseira era alongada.

    Fastback é a carroceria conhecida como AEROSEDAN, introduzida pela General Motors em 1941, nas marcas cadillac, buick, pontiac e oldsmobile, onde a traseira tinha uma necessária descida contínua sem que hovuesse a necessidade de um terceiro volume, como é o caso dos coupes.

    ResponderExcluir
  2. Ta com cara de ser de um Subaru Impreza SW 01-03

    ResponderExcluir