29 de mar de 2011

Entendendo as placas dos carros


Todo veículo possui uma única placa por toda sua vida, salvo raríssimas exceções. A placa é a impressão digital do automóvel, sendo possível através da mesma ter acesso a todo o histórico de infrações, acidentes e até dos antigos proprietários.

No Brasil, atualmente, a placa de identificação veicular é composta por 3 letras do alfabeto português mais 4 número. Na parte superior da placa esta localizado o estado e a cidade onde o veiculo encontra-se registrado, e é para a cidade que aparece na placa que os impostos cobrados são enviados.
Além dos números, letras, estado e cidade, as placas ainda possuem um sistema de identificação por cores. Com cerca de 7 diferentes variações, onde cada cor representa algo relacionado ao uso do veículo. As placas mais comuns em nossas ruas são das cores:

Preta – Carros com mais de 30 anos de fabricação que atendam aos requisitos legais (Resolução CONTRAN 56 e 127), além de apresentarem uma originalidade das peças acima de 85%.

Azul - É para carros de missões e corpos diplomáticos e de organismos internacionais. A sigla CC significa Corpo Consular.

Branca - Se for com caracteres vermelhos, é para veículos de aprendizagem (autoescola). Se as letras e números forem pretos, significa que o carro é oficial.

Cinza - Placa mais comum, para veículos particulares. As letras e os números são pretos.

Verde - Para carros em experiência ou que pertençam aos fabricantes

Vermelha - Para carros de aluguel, como ônibus e táxis. As letras são brancas.

Bronze - Utilizadas em carros oficiais de prefeitos, presidentes de câmaras, presidente da assembleia, presidente de tribunais. O fundo é preto e os caracteres alfanuméricos dourados. A placa contém o brasão da república.

Além de todas essas informações, ainda é possível saber em qual estado o veículo foi emplacado pela primeira vez. A informação é obtida através das primeiras letras da placa, mas lembrando de que existem alguns proprietários que conseguem placas personalizadas, fugindo assim da padronização.

Abaixo a lista com as placas e seus respectivos estados.

Paraná - AAA 0001 a BEZ 9999
São Paulo - BFA 0001 a GKI 9999
Minas Gerais - GKJ 0001 a HOK 9999
Maranhão - HOL 0001 a HQE 9999
Mato Grosso do Sul - HQF 0001 a HTW 9999
Ceará - HTX 0001 a HZA 9999
Sergipe - HZB 0001 a IAP 9999
Rio Grande do Sul - IAQ 0001 a JDO 9999
Distrito Federal - JDP 0001 a JKR 9999
Bahia - JKS 0001 a JSZ 9999
Pará - JTA 0001 a JWE 9999
Amazonas - JWF 0001 a JXY 9999
Mato Grosso - JXZ 0001 a KAU 9999
Goiás - KAV 0001 a KFC 9999 - NFC 0001 a NGZ 9999
Pernambuco - KFD 0001 a KME 9999
Rio de Janeiro - KMF 0001 a LVE 9999
Piauí - LVF 0001 a LWQ 9999
Santa Catarina - LWR 0001 a MMM 9999
Paraíba - MMN 0001 a MOW 9999
Espírito Santo - MOX 0001 a MTZ 9999
Tocantins - MVL 0001 a MXG 9999
Alagoas - MUA 0001 a MVK 9999
Rio Grande do Norte - MXH 0001 a MZM 9999
Acre - MZN 0001 a NAG 9999
Roraima - NAH 0001 a NBA 9999
Rondônia - NBB 0001 a NEH 9999
Amapá - NEI 0001 a NFB 9999

1 comentários:

  1. boa matéria vey, eu não sabia oq era aquelas tais "placas pretas" q vcs sempre falavam das carros antigos q ficam la na lagoa dos ingleses, agora deu pra intende

    ResponderExcluir