16 de dez de 2010

BH Exotics na lama!

No último sábado, dia 11 de Dezembro, nossa equipe teve a oportunidade de deixar o asfalto de lado e entrar com tudo na terra. A convite do proprietário de um Mitsubishi L200 Triton V6, com menos de 5 mil quilômetros rodados, caímos no mato atrás de muita lama e diversão.
A trilha foi realizada nas proximidades do condomínio Retiro das Pedras, chegando até quase o condomínio Alphaville. Começamos subindo uma inclinação ao lado da BR 040, a qual eu não achei que seria possível de transpor, mas tudo correu bem. Porém logo após a “leve” subida, o nosso motorista experiente(com apenas 1 trilha no currículo) resolveu encarar uma descida que nem os motoqueiros tinham coragem.

Com a tração reduzida, cintos muito bem presos e uma reza brava lá fomos nós. Tudo corria bem, até q a roda traseira derrapou um pouco e começou a cair em uma vala, fazendo a Triton inclinar medonhamente para o lado do motorista. Ouvimos só um grito – “façam o contra peso” – logo todos estávamos amontoados sobre o lado esquerdo (do passageiros), enquanto nosso condutor suava para não virar sua preciosa pick up.

Segundos de silencio, que mais pareciam horas, alguns solavancos e, finalmente, conseguimos sair ilesos da perigosa decida. Fôlego recuperado e carro sobre as 4 rodas, continuamos nossa aventura, mas agora com um pouco mais de prudência e respeito pelo carro que suportou tamanho esforço.

Logo mais um morro surgiu em nosso caminho, sem pensar duas vezes a tração nas 4 foi ligada, e conseguimos transpor mais um obstáculo sem maiores problemas. Mas o grande desavio ainda estava por vir, uma trilha que levava até o topo do morro, muito danificada pela erosão e com um solo de cascalho muito traiçoeiro.

Com a reduzida acionada, um leve embalo, e lá fomos nós. A Triton se mostrou muito copetente, subindo o morro sem maiores problemas, vale destacar o rápido aprendizado do nosso motorista. Morro vencido, nada mais logico que uma parada para admirar a paisagem e ver si o carro apresentava algum dano, felizmente não encontrado.

Continuamos a nossa busca por mais desafios, mas nada superou a nossa 1º decida, deixando o restante da trilha um tanto quanto tranquila. Depois de alguns quilômetros percorridos, muitos lugares desbravados e muita sujeira na Mitsubish, finalmente retornamos a BR 040, na altura do Alphaville.


Um dos nosso integrantes (Rodrigo) sabia de um lugar muito bom para fechar o dia com chave da ouro, uma “planície” sem maiores obstáculos próxima ao Alphaville. Claro que fomos conferir de perto tal lugar, pois ainda faltavam alguns zerinhos para espalhar o barro pela lataria do carro. Chegando ao local não foi preciso nem falar com o condutor, de imediato ele já começou a rodopiar insanamente, jogando barro em quem estava fora da pick up e fazendo muita poeira.


Com o sábado já no fim, voltamos para Belo Horizonte surpreendidos com o desempenho da Triton, além do seu conforto. Um carro sem dúvida para quem não tem medo de uma boa trilha, mas não abre mão do conforto de um sedan.

Deixamos os agradecimentos ao proprietário, que além de nos proporcionar uma nova experiência, nos manteve vivos e sem nenhum arranhão. Fato também ocorrido com a Triton, depois de uma visita ao lava jato, estava brilhando como nova.

Um vídeo da nossa aventura!

1 comentários:

  1. Triton é muito fraca..
    Já desci e subi ai de Defender, pajero Full e TR4 sem nenhum problema.
    A propósito o local chama "Morro da Skol"
    Abraços!

    ResponderExcluir