19 de set de 2010

AUDI R8

Alguns anos atrás eu me perguntava o motivo da AUDI não possuir nenhum superesportivo em sua gama de modelos. Praticamente todas as montadoras germânica tinham seus espécimes consagrados; Mercedes Benz com o SLR Mclaren e Porsche com o mítico 911 Turbo,(agora a pergunta é o porque da BMW não ter um superesportivo?). 

Novo mito alemão
Em meados de 2003 no salão de Frankfurt, foi apresentado o protótipo chamado de “Le Mans”, devido ao seu projeto ter sido totalmente baseado para as pistas. Do carro conceito até o que podemos ver pelas ruas de Belo Horizonte ( sim temos R8’S rodando por aqui, tanto o V8 como o V10!) pouca coisa mudou. 

Detalhe do coração do modelo
Partilha a plataforma com o seu irmão italiano, o Lamborghini Gallardo (atualmente a marca Lamborghini pertence a AUDI). A versão “normal” tem motor V8 4.2 litros de 420cv que não faz feio: são 301 km/h de velocidade máxima e 0 a 100 km/h em 4,4 segundos, mas o V10 vai além – são 316 km/h de máxima, 525cv e 0 a 100 km/h em 3,9 segundos. Para um esportivo meio segundo faz toda a diferença.


Aerofólio acionado aos 120 km/h


Como todo AUDI que si preze, o modelo vem equipado com a fabulosa tração Quattro, referência mundial tratando-se de tração nas quatro rodas, tanto que a marca foi a 1º a produzir um carro de rally com tal sistema, deixando a concorrência da época comendo barro! Porém sua suspensão ficou muito dura para nossas ruas, coisa comum em qualquer carro importado. 

Traçao Quattro!


Equipado com o câmbio R-Tronic, opcional. É uma caixa manual robotizada de seis velocidades e acionamento eletrohidráulico( pense em um dualogic super avançado). Com uma velocidade extraordinária na troca de marchas e direito a Launch Control, aquele sistema que faz o carro sair da inércia e acelerar até seu limite com o máximo de estabilidade possível (sem fritar seus preciosos pneus). 
Versao V8

Deixando a parte mecânica de lado, o alemão tem todo seu charme visual. Interior muito bem feito, comandos sempre a mão, fácil leitura dos painéis e um banco que te abrasa ao entrar na máquina (tanto que para sair é um pouco complicado!). Destaque para a posição de pilotar (um carro desse não se dirige, pilota!) muito parecida com os carros de competição, o piloto fica na altura de um adulto sentado em um meio fio! 

Cockpit
Sua grade dianteira deixa logo claro seu propósito, atropelar quem esteja a sua frente! Para ajudar a dar sua cara de malvado, ele ainda conta com faróis que lembram lâminas, repletas de leds(foi o 1º carro a utilizar tal tecnologia no mundo!). Sua retaguarda (a traseira), também inspira respeito, são quatro saídas de escape com um som demoníaco (ainda mais no V10), além das aberturas para a circulação do ar no compartimento do motor, lembrando que o R8 é o 1º modelo da marca a utilizar um motor central. 
Vai ficar na frente?

Led's!!

A espera valeu a pena, a AUDI conseguiu fazer um superesportivo de respeito. Sem dúvida é uma excelente compra, pois na sua faixa de preço, que é de 700 mil reais (versão V10), seria possível comprar um Porsche 911 Turbo (modelo bem saturado no Brasil) ou Mercedes Benz SLS-AMG, a novidade do momento que tem fila de espera pra mais de mês.
Versão V10


Versao V8

0 comentários:

Postar um comentário